Quem sou eu

Minha foto

Estudante de letras e amante da escrita e da fala popular.

sexta-feira, 6 de dezembro de 2013




AS PEDRAS

E lá vão elas.
Brutas e arrogantes, rompendo o vento.
Atiradas de mãos sanguinárias.
Querem sangue! O sangue das mulheres pecadoras.
É Geni
É Madalena.
Vítimas da fúria e da insensatez humana.
Pedras, pedras, pedras, nas mãos calejadas.
Pesam de sofrimento e esquecimento.
São plumas nos pés dos nordestinos.
Na travessia de vidas secas.

Reinaldo Souza

29/10/2010

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores

Minha lista de blogs